quinta-feira, 11 de março de 2010

PESSOAS RESERVADAS X PESSOAS TENDENCIOSAS


Pessoas reservadas. Qual a definição pra "Pessoa Reservada"?

Como o próprio nome sugere, é uma pesssoa que se reserva. É mais seletiva. Não fica de "conversa furada" com qualquer um. Não tem vínculo de amizades com qualquer um. Não conversa com qualquer um. É mais ou menos isso.

Mas a sociedade é deveras TENDENCIOSA.

Gosta de enxergar as coisas como lhes convém.

E isso não é novidade...eu mesmo já disse isso por aqui.

A sociedade tem apreço pelos que chamo de "PALHAÇOS SORRIDENTES".

Eu mesmo defino assim:

PALHAÇO SORRIDENTE - Adj. 1 - Aquele que sorri para qualquer um, indiscriminadamente. 2 - Aquele que sorri para qualquer um com intenção de obter alguma vantagem. 3 - Pessoa fingida, que finge ser amigo de todos para obter alguma vantagem. 4 - Aquele que gosta de aparecer em público fazendo "macaquices" com propósito de levar alguma vantagem sobre os demais.

Se você NÃO É Palhaço Sorridente, indica: Que você se reserva mais. Não fica de "gracinha" com qualquer um. Não conversa com qualquer um. Não tem vínculo com qualquer um. Não abre precedentes pra brincadeiras e intimidades pra qualquer um.

E isso, de acordo com os ESTEREÓTIPOS da sociedade, não é nada bom.

Se você NÃO É Palhaço Sorridente, de acordo com a sociedade, automaticamente, você é:

- Chato
- Anti Social
- Rabugento
- Grosso

e o MAIS IMPORTANTE:

- Incapaz de sorrir


Sim. É isso mesmo. A sociedade acha que, se você não anda sorrindo por aí, não tem capacidade para fazê-lo.

Agora eu pergunto:

Quem determinou isso?
Quem analisou a situação e chegou a essa conclusão?
Quem tentou se aproximar destas pessoas sem o devido preconceito?
Quem tentou COMPROVAR se essas pessoas, de fato, são incapazes de sorrir?

Mas existe uma coisa que impede que o povo faça tais perguntas. O "ACHISMO".

Gostam de falsidade, mas JAMAIS ADMITIRÃO. Se fosse na idade média, eu seria queimado na fogueira, por tocar em tais assuntos.

As pessoas preferem "achar" e então, definir que este é o conceito. Pronto e acabou!

Analisar pra que?

Perguntar pra que?

As pessoas acham e pronto! É isso...

Eu mesmo...sofro de tais preconceitos. As pessoas me encaram como "O MONSTRO QUE NÃO SORRI". Muitas não falam pra mim, com medo de represálias (que não aconteceriam jamais. Sou aberto a conversas, embora as pessoas custem a acreditar), mas acham isso. Isso mesmo. ACHAM. Porque...ninguém vem perguntar, ou tenta se aproximar pra comprovar. Simplesmente ACHAM. E acabou. É cômodo ficar achando coisas a meu respeito, ao invés de "pagar pra ver".

Já veio gente me dizer: "Sabe, Samuel...você deveria SORRIR..."

E quem falou que não sorrio? Só porque não ando RELINCHANDO e ARREGANHANDO OS DENTES por aí, significa que sou INCAPAZ DE SORRIR?? De onde vem tal análise? Quem assinou tal laudo atestando isso? Quem defendeu tal tese em seu doutorado? As pessoas são RIDÍCULAS e desviam o foco, dizendo que sou um ANIMAL. É como o Corinthians, que tomou um "vareio de bola" do Santos, mas desviou o foco, dizendo que o árbitro favoreceu o Santos, dizendo que Neymar & cia ficavam só com gracinha. Desviaram o foco. Porque É DIFÍCIL ADMITIR que não jogaram nada. "E assim caminha a humanidade...aos passos de formiga...", como diria Lulu Santos...

Como diz minha boa e velha vó:

"Quem fala com qualquer um, acaba dando bom dia a cavalos..."

Analisem este ditado da roça...e posso lhes garantir: Ele não é sobre equinos, não...

Mas eu não condeno.

As pessoas precisam TEMER algo. DISCRIMINAR algo. Chego a confabular que o PRECONCEITO chega a ter a mesma importância do OXIGÊNIO na vida popular.


Se tivessem coragem, viriam várias pessoas me falar asneiras. Dizendo que estou generalizando. As pessoas insistem querer se mostrar politicamente corretas.


Acho que elas deviam olhar pra dentro de si próprias, antes de dizer que estou errado...

E que eu não sou anti social.

Eu só sigo à risca a lei do "antes só do que mal acompanhado".





Só isso...









Samuel Camilo
"The pain is real...to tell me that I'm still alive!!"
(Hatebreed)

14 comentários:

Fê Brunt - Popmundo disse...

Acho que sua definição é muito inflexível. Sou uma pessoa que sorri para todos, ando de bem com a vida e tento manter a paz com todos. Segundo vc, uma palhaça sorridente. Gosto de estar feliz e de trasmitir isso aos demais.

Só que isso não quer dizer que eu seja falsa, ou que eu não seja seletiva. Creio que eu devo informar ou não detalhes da minha pessoal, somente a quem eu considere importante saber.

Temos que ser flexíveis. Do que adianta ser seletivo demais? Afinal, ninguém vai estar 100% apto para as nossas condições de amizade.

E não adianta ser apenas um palhaço sorridente sem saber o que ocorre no mundo e com as pessoas ao nosso redor. Nãoconcordo que as pessoas queiram tirar vantagens.

Tome cuidado, não generalize, pois cada um tem uma maneira única de pensar e agir.

Samuel Camilo disse...

Boa noite.

Me perdoe, mas acho sua crítica deveras IMPROCEDENTE.

Na minha crônica, EM NENHUM MOMENTO eu disse que é ERRADO ser PALHAÇO SORRIDENTE (alcunha à qual você mesma você aderiu).

Na minha crônica, EM NENHUM MOMENTO eu disse para o povo deixar de ser composto de PALHAÇOS SORRIDENTES.

Na minha crônica, eu sou contra a DISCRIMINAÇÃO contra quem NÃO É PALHAÇO SORRIDENTE.

Os PALHAÇOS SORRIDENTES são segundo plano na minha crônica. Sou neutro a respeito deles. Não sou contra, tampouco a favor. Cada um, cada um.

Querem sair sorrindo a torto e a direito por aí? Problema deles...

Só não concordo com a discriminação contra os mais calados...sérios...quietos. Só isso...

Esse é o foco da minha crônica.

Acho que você deveria ler novamente.

Discriminação...é sobre isso...

Mas...de qualquer forma, obrigado pela visita!

Sempre que quiser tecer uma crítica, sinta-se à vontade. E será sempre um debate sadio e educado. Essa é a minha intenção. Não só a minha análise, mas sim a análise mútua.

Volte sempre...

Profile disse...

participem da nossa comunidade, quem é reservado...
http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=96458624&refresh=1

obrrigada, fiz uma homenagem a esta pessoa que fez isso... muito bom o que voc~e escreveu.. :D

Davysson S disse...

Ola , Concordo Com o Autor Do Post, Cada Ser Humano Tem Seu Modo de Viver !
Não Quer Dizer Que Se Tambem Nao Ando Sorrindo Para Todo Mundo é Que Estou de Mal Com a Vida , " Na Minha Opinião" Quem Sorri e Sorri Para Todo Mundo , é FALSO ,Tenho Exemplos Vivos No Dia a Dia !
Sou Fechado Para Determinadas Pessoas , Sou Bastante Seletivo , Muitos Me Acham , " Playboyzinho" Mas Nada Com Isso , Sou Humilde e Acho Que Nao Devo Prestar Informações Minhas a " Qualqueres " , Muitos So Esperam Uma Chance Pra Te Jogar Na Boca Dos Outros , Quando Voce Tiver Mal ,Passando Por Crises Economica, Coisa do Tipo , " Esperam Somente Sua Queda " , Por Isso Atenção !

Reflexões disse...

Vc disse tudo! É verdade! Eu sou assim tbm! Não sorrio para todo mundo, sou séria no meu trabalho porque levo ele a sério! Ai olho para as pessoas lá e vejo um bando de falsos que sorriem pra todo mundo por puro interesse! puxam o saco dos chefes só pra se dar bem! e o piorm acabam se dando bem pq o chefe é meio tapado e não se da conta de que as pessoas que mais bajulam ele é só por interessem e não trabalham direito! E eu que não sou de ficar rindo á toa pra qualquer um o chefe nem conversa! A sociedade é medíocre e com-pletamente ridícula! Rotulam as pessoas reservadas e dão destaques para os falsos e interesseiros! Isso me irrita profundamente!!Prefiro ser tida como anti social do que falsa!!Fato!!!

Aninha Maciel disse...

Acredito que a vida fica muito mais bonita quando somos cercados por pessoas que nos alegram, nos enchem da sensação do viver e que compartilham conosco o oxigênio da vida...
Penso que quando uma pessoa é genuinamente feliz, ela transmite felicidade para o próximo, através de um simples sorriso. O fato de ser um "palhaço sorridente" (ao meu modo de pensar) não significa que é ser falso. O homem tem a mania de justificar os seus erros e as suas ideias e teses, visando sempre defender o seu ponto de vista e a sua analogia. Somos seres humanos, e temos o direito de pensar diferente. Se você acha que uma pessoa que é um "palhaço sorridente" é falsa, do mesmo modo pode-se achar que uma pessoa reservada também é. Pra ser falso não se olha somente a personalidade. Acredito que para se ter uma boa relação no trabalho, na empresa ou em qualquer outro lugar é necessário, portanto, ter um elevado auto-estima.Não por obrigação, mas por prioridade. Pois tudo flui positivamente a partir do momento em que somos felizes com nós mesmos.
Ser feliz não é defeito e transmitir a felicidade para o próximo também não. E se você não é um "palhaço sorridente", não significa que você é verdadeiro e também não significa que você é falso. Porém, devemos aceitar as pessoas como elas são. Cada indivíduo tem o seu jeito de ser , agir e pensar. E é preciso respeitar. Não diria que sou uma "palhaça sorridente". Mas digo que sou muito feliz e adoro comprimentar as pessoas que me rodeiam, com um simples bom dia ou com um sincero sorriso!E jamas por falsidade ou superfluidade.Sou verdadeira e espontânea...
É, pelo visto você, caro autor, também tem um pouco de "achismo" dentro de você.Bem vindo ao achismo! ^.^ É necessario que façamos de nossa vida uma escolha de felicidade, que dure um longo tempo e que transforme o mundo em um lugar bom de se viver.

Passar bem.'

Samuel Camilo disse...

Bom...da mesma forma que você me associou a "achismos", irei associá-la, também. Afinal...você SE ACHA feliz. Direito seu. E o conceito de felicidade é bem RIDÍCULO na nossa sociedade. Afinal, vivemos na política do pão e circo (se é que você sabe o que é isso). Tem gente que, com um pão velho pra comer e um celular com MP3 pra tocar funk, tá feliz...tá tudo bem. Eu não. Eu quero sempre mais. Sempre quero aprender mais. Sempre quero estudar mais. Sempre quero melhor trabalho. Sempre quero conhecer pesssoas melhores. Então, não venha ser minimalista por aqui, não. Nem todo mundo é bobo alegre. Nem todo mundo tem que ser bobo alegre pra se incluir socialmente. Sou um sujeito de poucos sorrisos, porém, meus amigos, são AMIGOS DE VERDADE. Gente interesseira não se aproxima de mim. Gente de má índole tem medo de mim...de minhas reações, pois sou um sujeito que RESPONDE. Que SE DEFENDE.

Anne Frank diz, em seu diário (se é que você sabe quem foi ela): "E daí se meus círculos de amizades são pequenos, desde que sejam compostos de pessoas sinceras."

Então, se você é feliz assim, PROBLEMA SEU.

O que meu post fala (se é que você leu e entendeu, coisa que eu duvido), é sobre PESSOAS RESERVADAS QUE SÃO MAL ENTENDIDAS.

Recomendo a releitura, pois, agora, quem sabe depois de eu ter te dado esta dica, você entenda minha mensagem.

Volte sempre!

Patrícia Silva disse...

Caro autor, venho lhe informar um assunto defendido em tese de doutorado: todo e qualquer texto tem a opinião do autor, portanto o que ele acha e portanto voce esta incluso nos "ACHISMOS" ao que critica.
Tenho um ditado: eu nao acho nada. Um amigo meu achou, acharam ele e ele nunca mais foi achado...
Voce se acha reservado... Nao creio, para quem posta pensamentos num site. Eu nao me rotulo e nem rotulo ninguém... Acho palhaçada !!
"Eu prefiro ser essa metamorfose ambulante, do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo...
Sobre o que é o amor, sobre o que eu nem sei quem sou..." Este é o autor!!

Samuel Camilo disse...

Ah...pessoas reservadas não se expressam, então, na sua opinião?

Devo informar-lhe que há bastante diferença entre pessoas RESERVADAS e pessoas RETRAÍDAS. Eu não sou retraído. Não sou tímido. Não sou mudo. Não sou medroso. Você tá agindo como o povão (que creio ser sua categoria), que classifica toda pessoa que luta pelos seus direitos como REVOLTADO, sendo que há diferença entre os termos.

E...acho que as pessoas que lêem isso aqui, têm uma certa dificuldade numa coisa básica das aulas de Português: A INTERPRETAÇÃO de texto.

O que falo dos ACHISMOS é em cima do fato das pessoas rotularem pessoas mais reservadas como pessoas CHATAS. Ou será que precisarei editar o texto e GRIFAR algumas coisas pra você poder entender?

E...em que momento...eu digo que o texto não contém minha opinião? De onde você tirou essa idéia? TUDO que tá escrito aqui vem da minha mente. Eu não "copiei e colei" NADA, como a maioria dos espertalhões fazem na internet.

Da mesma forma que o povão (seu povo) acha que gente reservada é chata, os reservados têm o direito de achar que o povão (sua gente) é FALSO porque sorri pra qualquer um.

E...pra você que gosta de ditados bobocas, que não trazem retorno algum, vou te mandar um...do interior...bem antigo, cheio de sabedoria, muito falado pela minha boa, velha e sábia avó:

"Quem com todo mundo conversa, acaba por dar bom dia aos cavalos."

Obrigado pelo comentário. Volte sempre. Mas leia novamente primeiro, por favor.

Abraços!

Marisol Kipper disse...

Adorei seu post! Disse tudo!

AdriSP disse...

Me identifiquei muito com o texto.

AdriSP disse...

Me identifiquei muito com o texto.

MICHELLE VIANA DE SOUSA disse...

Adorei o texto!

anne disse...

Eu concordo com samuel em alguns aspectos,existem pessoas que não conseguem,eu mesma não consigo sorrir a troco de nada,se eu fizer, isso me parece falso da minha parte,e olha que já
tentei mudar....